Palavra de especialista : O receio da cortisona em 5 pontos

Qui, 04/02/2016 - 10:45
creme cortisona reduz inflamacao eczema atopico

Pela Dr.ª BOURREL BOUTTAZ

Ponto 1 : a cortisona natural

A cortisona é produzida pelo nosso corpo, sob o nome de cortisol, funcionando como combustível para “arrancarmos” às 8 da manhã, e continuando a ser produzida ao longo do dia, com um pequeno descanso por volta das 3 da manhã. Esta hormona intervém no metabolismo do açúcar, das gorduras, do sono, da imunidade. Trata-se de uma resposta ao stress crónico (o dia a dia), enquanto a adrenalina é uma resposta ao stress agudo (ao vermos um camião que vem na nossa direção).

Possui benefícios anti-inflamatórios importantes, e por isso é utilizada sob a forma de medicamentos. Está disponível em comprimidos, injeção ou creme e pomada.

Os efeitos secundários perigosos da cortisona verificam-se apenas quando ela é tomada por via oral ou injetável: aumento de peso, hipertensão arterial, diabetes, osteoporose, fratura óssea...

Nada disto ocorre quando é aplicada de forma local, porque...

Ponto 2 : é destruída pela inflamação

creme cortisona reduz inflamacao eczema atopico

Se a cortisona é aplicada sobre uma pele normal, atravessa a pele e pode ser encontrada no sangue. No entanto, se é aplicada sobre uma pele inflamada, é imediatamente destruída pela inflamação e quase nada passa para o sangue - demasiado pouco, de qualquer forma, para causar efeitos tóxicos.

Então, porque é aconselhado continuar as aplicações duas vezes por semana nas zonas onde habitualmente aparecem as placas (dobras dos cotovelos, dobras dos joelhos)? Por duas razões:

  • Se pudéssemos analisar a pele ao microscópio, veríamos sempre uma inflamação pronta a reativar-se.
  • Aplicar cortisona duas vezes por semana nas zonas de onde desapareceram as placas permite evitar as recaídas, sendo a quantidade total de cortisona aplicada durante um ano, no final de contas, bem menos elevada do que se não o fizéssemos.

Ponto 3: porque é que tem tão má reputação?

Não cura: 

  • Para controlar um eczema, não basta hidratar e tratar com cortisona.
  • É preciso também identificar os factores que o causaram e tentar preveni-los.
  • Da mesma forma, é necessário tratar a flora digestiva com probióticos e através de um regime alimentar antiácido e anti-inflamatório.

Impede a eliminação:

  • Uma frase que ouvimos muito: “é preciso deixar sair, senão as toxinas ficam no interior e é perigoso”. Foi Hipócrates quem descobriu a função emunctória da pele, há 2500 anos...
  • As toxinas são efetivamente eliminadas pela pele, através do suor e do sebo. Mas a cortisona em creme não altera o funcionamento das glândulas sudoríferas e sebáceas. Ou seja, com ou sem cortisona, as toxinas são eliminadas normalmente.

Ponto 4: mas de certeza que existe outra solução?

A dermatite atópica é uma doença crónica, o que é difícil de perceber, tanto para os pais como para o paciente. A cada nova crise, é preciso voltar à lista de verificação: qual é o factor desencadeador, podemos preveni-lo, é preciso voltar a tratar a flora digestiva?

Alguns obterão bons resultados com outros medicamentos, mas independentemente da sua escolha, a base da abordagem é incontornável:

  • a pele está seca: para não agravar a secura, hidratar todos os dias;
  • é preciso saber ouvir o corpo, perceber como é que a pele reage;
  • não serve de nada sofrer, cuide de si;
  • se o stress for um elemento determinante, opte por um método que reduza a sua sensibilidade (sofrologia, hipnose...);
  • respeite a sua flora digestiva.

Ponto 5 : mas a verdadeira razão do medo da cortisona vem...

Dos próprios médicos. Os estudos mostram-no: as posições divergentes entre os profissionais de saúde alimentam a confusão dos pais. Os centros de referência do tratamento da dermatite atópica são os centros de educação terapêutica.

Noções implícitas na bula

 

1/ Os fatores desencadeadores são:

  • Tudo o que agrava a secura da pele: o frio, a água, os sabões, todos os produtos químicos, os perfumes, o pó, a bricolage, os pólenes.
  • Tudo o que perturba o equilíbrio da pele: o suor, sob o efeito de uma alimentação demasiado ácida. 
  • Tudo o que perturba a flora digestiva: uma alimentação muito ácida, os antibióticos, as gastroenterites...
  • O stress

2/ A alimentação: dois tipos de alimentação que devem ser evitadas, pois agravam o eczema.

  • Alimentação acidificante: rebuçados, bolos, sodas, pão, massa, cereais de pequeno-almoço, barras energéticas, mel, tomate, citrinos (limão, tangerina, laranja, toranja)
  • Alimentação inflamatória: todas as refeições industriais, todos os óleos que não são de primeira pressão a frio, excesso de produtos à base de leite de vaca, charcutaria, excesso de carne vermelha.

 

Download in pdf format

PDF icono-receio-da-cortisona-em-5-puntos-pt.pdf