A quem dirigir-se?

O médico de família e o pediatra serão os primeiros interlocutores, susceptíveis de fornecer as informações básicas sobre o eczema atópico e prescrever em primeira linha os tratamentos convencionais desta afecção.

eczema atopico educacao terapeuticaContudo, o carácter crónico da doença impõe uma visão a longo prazo, e muito mais que prescrições pontuais, um autêntico projecto terapêutico.
A acção complementar do dermatologista inscreve-se a esse nível, com uma personalização do tratamento e os ajustes terapêuticos subsequentes.

O impacto do eczema atópico na qualidade de vida da criança e dos seus próximos foi objecto de vários estudos publicados.
As dermatites atópicas severas têm uma repercussão considerável. Além dos medicamentos utilizados durante as crises, essencialmente dermocorticoides, deve ser empreendida uma autêntica educação: conselhos de higiene, utilização dos produtos emolientes, terapias comportamentais que visem controlar a coceira…

Este tipo de acompanhamento pode ser iniciado no consultório médico e completado pelos programas de educação para a saúde, especificamente dedicados ao eczema atópico, numa abordagem colectiva ou personalizada, conforme o perfil de cada paciente. No final, o resultado dependerá de todas estas medidas complementares.

Programas de educação : As Escolas da Atopia